Raízes

Um cão
Ladrando, no cio;
Uma lamparina
Queimando o pavio;
Uma barcaça
Invadindo o mar.
Uma abelha
Colhendo néctar;
Um boi
Mugindo na mangueira;
Um menino
Em cima da laranjeira,
Assoviando sem parar.
O luar,
Atrás do morro, surgindo,
Uma canção ao longe,
Se ouvindo;
Uma brisa
Na manhã, serenando;
Um pássaro
Num galho, cantando;
Um lugar,
Que jamais esquecerei.

Sedução

Nivaldo Donizeti Mossato - Todos os direitos reservados