Acalanto

(Para ninar Márcia Regina)

Se a tristeza
Roubar lágrimas
Dos teus olhos,
E as deixar vagando
Em teu rosto,
Abra tua janela
E deixe a brisa
Tocar tua pele.
Serei eu a beijar
Tuas lágrimas.
E na madrugada,
Já adormecida,
Sonharás com esta
Mesma brisa
Afagando teu corpo.
Por mil vezes chorarás,
E por mil vezes
Beijarei tuas lágrimas.
E, quando acordares,
Em teus olhos
Só te restarão
Lágrimas de felicidades!

Alguns Trechos

Nivaldo Donizeti Mossato - Todos os direitos reservados